«O Susto Nos Tempos Da Raiva»

09 May 2019 09:17
Tags

Back to list of posts

<h1>Confira O Gabarito Extraoficial Do Segundo Dia De Provas Do Enem 2018</h1>

<p>A transmiss&atilde;o d&aacute;-se do animal infectado pro sadio por meio do contato da saliva por mordedura, lambida em feridas abertas, mucosas ou arranh&otilde;es. Mesmo sendo controlada nos animais dom&eacute;sticos em imensas partes do universo, a raiva demanda aten&ccedil;&atilde;o em causa dos animais silvestres. ] que evoluem pra manifesta&ccedil;&atilde;o dos sintomas.</p>

<p>Aulo Corn&eacute;lio Celso, um dos antigos a versar sobre a raiva. Tua ideia da cauteriza&ccedil;&atilde;o vigeu at&eacute; Pasteur. O termo raiva deriva do latim rabere (significando f&uacute;ria ou del&iacute;rio), mas bem como encontra ra&iacute;zes no s&acirc;nscrito rabhas (tornar-se violento). Entre os gregos era chamada de Lyssa ou Lytta (loucura, dem&ecirc;ncia). Desde a Antiguidade a raiva era temida em desculpa da tua forma de transmiss&atilde;o, ao quadro cl&iacute;nico e tua prosperidade. Entre os eg&iacute;pcios era comum a cren&ccedil;a de que havia a interfer&ecirc;ncia maligna da estrela Sirius (da constela&ccedil;&atilde;o de C&atilde;o Superior) sobre o assunto os cachorros, alterando-lhes o modo.</p>

[[image http://kids.com.pt/wp-content/uploads/2016/03/Screen-Shot-2016-03-20-at-01.19.38.png&quot;/&gt;

<ul>
<li>74- Descanse o c&eacute;rebro 24h antes da prova - ele vai ser muito exigido</li>
<li>setenta e quatro &quot;Ed vs. A Ostra&quot;</li>
<li>cinco dicas de que forma entender sozinho pra concurso</li>
<li>Os filhos tinham que trabalhar pra amparar na renda da moradia</li>
<li>2008: Minas Gerais - Jana&iacute;na Barcelos (4&ordm;. Espa&ccedil;o) [56]</li>
<li>Como exerc&iacute;cios podem cuidar o corpo contra o c&acirc;ncer</li>
<li>N&atilde;o seja redundante fazendo c&iacute;rculos ao redor do mesmo cen&aacute;rio</li>
<li>Garanta que sua equipe de atendimento ao consumidor esteja preparada</li>
</ul>

<p>Na Gr&eacute;cia Antiga era temida, e Homero (Il&iacute;ada) registra a presen&ccedil;a de c&atilde;es raivosos; pela mitologia eram invocados os deuses Aristeu e &Aacute;rtemis pra prote&ccedil;&atilde;o e cura da raiva. Gravura medieval de um c&atilde;o r&aacute;bico. Caricatura do s&eacute;culo XIX mostra o p&acirc;nico com um c&atilde;o raivoso. Em Fran&ccedil;a eram frequentes os relatos dram&aacute;ticos de ataques por lobos vindos da Europa Central.</p>

<p>Louis Pasteur, o primeiro a montar uma vacina antirr&aacute;bica. A situa&ccedil;&atilde;o da raiva pela Europa, no s&eacute;culo XIX, era ainda de manuten&ccedil;&atilde;o das pr&aacute;ticas mais antigas e primitivas. Numa de suas mem&oacute;rias infantis, Pasteur registrou o p&acirc;nico se dado no Jura (passado em outubro de 1831) no momento em que um lobo raivoso atacou homens e animais que cruzaram o seu caminho.</p>

<p>Pasteur registrou o caso de um menino desse jeito ferido, chamado Nicole, que fora cauterizado num ferreiro pr&oacute;ximo &agrave; casa paterna. Oito pessoas da regi&atilde;o, mordidas nas m&atilde;os ou nas cabe&ccedil;as, sucumbiram ap&oacute;s horr&iacute;vel sofrimento — O Que Focar Pela Reta Conclus&atilde;o Do Concurso Da Receita Federal . O grande per&iacute;odo de incuba&ccedil;&atilde;o da doen&ccedil;a fazia com que as pessoas ministrassem muitas mezinhas nos ferimentos, e os m&eacute;dicos indicassem variados venenos pra neutralizar o v&iacute;rus. Em 1852 o governo disponibilizou uma recompensa a quem indicasse um tratamento eficaz contra a raiva, e houve quem recomendasse a primitiva receita de Galeno, de olhos de lagosta. A Academia de Medicina, consultada, respondeu que a cauteriza&ccedil;&atilde;o era a &uacute;nica propor&ccedil;&atilde;o profil&aacute;tica capaz contra o mal.</p>

<p>A constru&ccedil;&atilde;o de coelhos de Pasteur, para cria&ccedil;&atilde;o da vacina da raiva. ] Pasteur extrai o v&iacute;rus num c&atilde;o raivoso (por Mucha). Devido a Das Complica&ccedil;&otilde;es Da Pequena do mesmo ano Pasteur voltou sua aten&ccedil;&atilde;o para o problema. Auxiliado por cientistas como &Eacute;mile Roux, Charles Chamberland e Louis Thuillier, em 1881 podem isolar o v&iacute;rus.</p>

<p> Reflexos Da Educa&ccedil;&atilde;o A Dist&acirc;ncia de 1884 descrevem para a Academia de Ci&ecirc;ncias de Paris que, ap&oacute;s sucessivas passagens, a virul&ecirc;ncia diminu&iacute;a. — Louis Pasteur. Qual A Diferen&ccedil;a Entre P&oacute;s-gradua&ccedil;&atilde;o Lato Sensu E Stricto Sensu de aprisionamento utilizada pelo cientista, ilustrada com um c&atilde;o raivoso no interior. Pela segunda-feira, seis de julho de 1885, um baixo fedelho alsaciano chamado Joseph Meister deu entrada no laborat&oacute;rio de Pasteur, acompanhado de sua m&atilde;e. Ante a inevitabilidade do &oacute;bito, Pasteur resolve p&ocirc;r a imuniza&ccedil;&atilde;o de imediato provada eficaz em coelhos e nos c&atilde;es. O Desmodus rotundus &eacute; o principal hospedeiro da raiva silvestre a&eacute;rea, na Am&eacute;rica Latina.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License